Escola Jacinto Correia cede refeições para apoio social



Escola Jacinto Correia cede refeições para apoio social

A Escola EB2,3 Jacinto Correia, em Lagoa, está a colaborar, desde 3 de outubro, com o Espaço DER - Dar e Receber, da União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro, cedendo a comida confecionada que sobra do refeitório, que depois é reencaminhada para as famílias com maiores carências socioeconómicas.


Assim, a comida do dia que nunca saiu da cozinha, que não foi exposta nem esteve em contacto com o público e que ficou de sobra nas panelas, em vez de ir fora está a ser reencaminhada para o Espaço DER, na rua Visconde de Lagoa, nº 3. Após a receção das refeições, cumprindo todas as normas legais de segurança e higiene de transporte e conservação, os alimentos são entregues às famílias referenciadas naquele espaço de ação social como estando a viver um período de carência económica, por desemprego ou outras razões.


“Quero deixar o nosso obrigado ao agrupamento de Escolas ESPAMOL, e em particular à EB2,3 Jacinto Correia. Esperamos que mais escolas e hipermercados sigam este exemplo. Infelizmente, ainda há quem opte por jogar a comida fora, em vez de doá-la", refere Joaquim João, presidente da União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro.



Refira-se que há cerca de um ano, a União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro aderiu ao Movimento Zero Desperdício e desde então vem realizando a recolha de géneros alimentares e comida confecionada junto de um hipermercado da freguesia, numa forma de combater o desperdício e, simultaneamente, ajudar as famílias que passam por maiores dificuldades. A título de curiosidade, de salientar que se estima que 50 mil refeições são desperdiçadas todos os dias a nível nacional, entre restaurantes, hipermercados e outros estabelecimentos que servem ou têm alimentos. É a este nível que o Movimento Zero Desperdício pretende atuar, minimizando as perdas e encaminhando os bens para as crianças e famílias que passam fome.