Arte urbana dá vida a caixas da EDP em Carvoeiro




São 55 as caixas em Carvoeiro, antes cinzentas e gastas, que ganharam nova vida e cor com o projeto de arte urbana promovido pela União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro, entidade que continua a apostar em diferentes ideias para melhorar a imagem do espaço público. Pinturas tradicionais, vivas e agradáveis à vista têm despertado interesse junto de turistas e daqueles que passam pelas ruas do Barranco e dos Pescadores.



As caixas contam com pinturas que representam figuras retiradas da monografia de Carvoeiro, mas também imagens e ícones alusivos aos costumes e tradições desta vila piscatória. O projeto teve início em Novembro de 2015, naquelas duas ruas, mas em breve será alargado à estrada do Farol e à cidade de Lagoa. Esta foi uma ideia apresentada ao executivo da União das Freguesias por um residente e ‘filho adotivo’ de Carvoeiro, Phil Francis, que também é autor das pinturas, acompanhado por Hélder José (Bambi).



“Este é mais um projeto que se insere na nossa filosofia de embelezamento da paisagem urbana através de projetos e ideias inovadoras. Desde que cá estamos, temos promovido diferentes ações, desde a pintura dos murais, das fachadas dos edifícios abandonados ou o projeto ‘Gato de Rua’. Tudo isto contribuiu para transmitir uma melhor imagem, mais limpa e organizada de Lagoa e Carvoeiro, tanto que várias Juntas de Freguesia da região decidiram replicar estes nossos projetos. E sabemos, porque fomos contactados, que também há já várias interessadas em saber como se processam a pinturas das caixas, uma vez que são necessárias autorizações de algumas entidades”, afirma Joaquim João, presidente da União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro.



“Este é um projeto que existe na Rua das Flores, na cidade do Porto, e que agora é replicado na nossa freguesia. Apresentem-nos mais projetos e ideias que nós estamos cá para dar voz e exprimir a vontade da população. O ‘feed-back’ tem sido muito positivo, os residentes elogiam, os turistas também e em breve vamos proceder à pintura das caixas na cidade de Lagoa. Estamos neste momento a tratar das questões legais para o efeito”, explica o autarca.